FADER: Parem de ignorar “Accelerate” de Christina Aguilera, é uma música f*da.

0
1380

A FADER MAG é uma revista norte-americana especializada em cultura, comportamento, estilo e música, sobretudo cultura urbana, street art, hip-hop e RnB, assim sendo, tem longo repertório e know how para falar de músicas desses gêneros. E assim o fez, num artigo recente [aqui], analisaram o buzz single do Liberation, “Accelerate”.

Confira a nossa tradução:

Quando os músicos fazem pausas artísticas, esperamos que eles voltem com algumas lições aprendidas ou uma nova cosmovisão para compartilhar.

Já se passaram seis anos desde que Christina Aguilera lançou um novo material solo, e parece que ela quer agora botar fogo no parquinho, uma missão admirável para uma vocalista que passou 20 anos no centro das atenções.

Em seu perfil na revista Paper, ela foi reintroduzida para o mundo, com uma imagem nova e sardenta. Em entrevistas subsequentes, ela explicou claramente seu desgosto no seu tempo como jurada no programa de TV The Voice, e disse que está muito feliz em compartilhar seu novo som de R&B “natural, corajoso, intenso” com o mundo.

“Accelerate”, a primeira música de seu oitavo álbum de estúdio “Liberation”, é a manifestação de seu novo ethos – definitivamente não é uma faixa pop feita para os charts.

A música foi produzida por uma equipe de pesos pesados do hip-hop, incluindo Kanye West, Honorable C.N.O.T.E., Che Pope e Mike Dean, a música soa como uma extensão da imensa paleta de instrumentação que Kanye criou no seu projeto Yeezus de 2013.

O resultado é uma das músicas pop mais esquisitas e sonoramente interessantes de 2018.

A canção começa com Aguilera cantando através de camadas de distorção sobre alguns tambores bagunçados e, em seguida, seu rap-singing é interrompido por Ty Dolla e $ign sussurrando atrás dela.

Há muita instrumentação esparsa acontecendo ao longo da música, mas ela fica em silêncio durante a maior parte do tempo. Teclados Synth saltam e surpreendem o ouvinte em cada turno.

A voz de Ty, normalmente etérea e suave, soa gravemente como se ele estivesse acordado há semanas depois de fumar varias carteiras de cigarro.

2 Chainz empresta um verso, saltando delicadamente sobre uma nova batida que entra quando ele começa a fazer o seu rap.

A coisa toda está me prendendo e levei algum tempo ouvindo a faixa para descobrir onde diabos todos os sons se encaixam.

Uma vez que eu fiz isso, essa música se tornou tão viciante quanto qualquer coisa vinda das fábricas pop de Los Angeles.

Infelizmente, o público pop americano não tende a se agarrar imediatamente a novas ideias. “Accelerate” estreou em 24º lugar na Billboard’s Bubbling Under Hot 100 chart.

Ela lançou mais duas músicas do projeto “Liberation”, certamente para tranquilizar o público de que ela ainda pode lançar baladas como mais ninguém.

Mas, eu realmente acho que o público deve dar “Accelerate” outra chance. É uma escolha artística corajosa que merece um amor sério.

Por favor, parem de ignorar a Xtina.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of